quinta-feira, 4 de março de 2010

As crianças X mochila escolar


Olá pessoal - Decidi colocar neste blog alguns assuntos que são importantes para a criança além dos artigos e matérias sobre TDAH.

Então - inauguro estes artigos colocando uma matéria sobre a mochila que as crianças tanto levam o ano inteiro.

Você já deve ter comprado a mochila para seu filho ir a escola, certo? Ótimo, mas você reparou se o tamanho da mochila é realmente adequado para as necessidades diárias de seu filho? O ortopedista do hospital do coração Dr. Sergio Xavier alerta para o uso incorreto e o peso excessivo das mochilas da criançada.

O que levar à escola, e como levar é um dilema que há tempos os pais enfrentam. É um cuidado que deve ser redobrado a cada ano, para que possam evitar lesões sérias que podem se tornar doenças crônicas.


A maneira como carregar, erguer ou retirar a mochila das costas faz toda diferença.

Se comparada a bolsas de uso lateral, a mochila com duas alças é a mais indicada pois distribui o peso dos objetos pelos músculos e abdômen. Segundo Dr. Sérgio Xavier, o mau uso da mochila pode ocasionar dor muscular, ferimentos abrasivos e problemas na a coluna: "o peso pode afetar as articulações, influindo no desenvolvimento das crianças. O ideal é que o peso da mochila não ultrapasse 10% do peso de seu filho.", explica o ortopedista.


Mochila com alça X Mochila com rodinhas


Muitos pais acreditam que a mochila com rodinhas é a melhor opção para a criança. Engano!


"A altura do puxador tem que ser adequada a altura da criança, e o peso também não pode ultrapassar a porcentagem limite, caso isso aconteça, o esforço da criança ao puxar o carrinho pode causar lesões tão sérias quanto carregar a mochila nas costas. Portanto veja se o que seu filho carrega na mochila é mesmo o que ele precisa.", alerta Dr. Xavier.

Fique atento a qualquer reclamação da criança e ao primeiro sinal de dor consulte um médico.

Mochila: lesões mais comuns

Em média o HCor atende no início do ano cerca de 10 crianças por mês com queixas de dores nos ombros, geralmente ocasionadas pelo mau uso das mochilas escolares. São problemas que se não tratados podem levar a prejuízos na saúde para a vida toda. É comum encontrar jovens com problemas de postura e dores crônicas nas articulações.

Os problemas mais comuns pelo uso incorreto da mochila são:


• Dor muscular
• Ferimentos abrasivos
• Alterações posturais
• Fadiga
• Irritabilidade

Quando a criança é diagnosticada com esses problemas o tratamento de reabilitação é iniciado com sessões de fisioterapia e exercícios de compensação.
Mochila: como prevenir lesões

Para prevenir possíveis lesões nas crianças o Dr. Xavier dá algumas dicas:
• As mochilas devem ter duas tiras para distribuir o peso da melhor forma.
• As tiras devem ser preferencialmente acolchoadas e ajustadas de forma que a mochila fique rente ao corpo da criança.
• A largura da mochila não pode ser maior que o dorso da criança.
• A mochila não deve ultrapassar a cintura da criança.
• Dê preferência para mochilas com poucos bolsos. A diversidade de compartimentos pode ser um atrativo para carregar objetos inúteis.
Zele pela saúde de seu filho!
Fique atento ao peso das mochilas todos os dias!

Um comentário:

MARKOS DARKNIGHT disse...

EU ADQUIRI, ATRAVÉS DO USO EQUIVOCADO DA MOCHILA, UMA ESCOLIOSE E COMO O ORGANISMO SE ADAPTA ÀS CONDIÇÕES QUE VC IMPÕE, MEU LADO DIREITO (PEITORAL, LATÍSSIMO DO DORSO, E OS MÚSCULOS ERETORES DA COLUNA) FICARAM BEM MAIORES QUE OS MESMOS MÚSCULOS DO LADO ESQUERDO.
COM PROFESSOR EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E DE MUSCULAÇÃO ORIENTO OS ALUNOS AONDE EU TRABALHO.
PARA CORRIGIR ESSES PROBLEMAS DEMORA MUITO E NÃO PODE HAVER INTERRUPÇÕES LONGAS DO TREINAMENTO. O MELHOR NESSE CASO É ORIENTAR.