domingo, 7 de fevereiro de 2010

Professores e pais precisam de auxílio de psicólogos para tratar de crianças com TDAH

O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade requer um cuidado delicado tanto por parte dos pais quanto pela escola, principalmente para que a criança tenha uma melhor qualidade de vida e consequentemente um aproveitamento satisfatório na sala de aula.

É interessante que os professores tenham disposição e flexibilidade para ajudar alunos com TDAH e para isso, torna-se fundamental que os educadores tenham um contato estreito com profissionais da saúde especializados no assunto.

A criança com TDAH não pode ter aulas repetitivas.

O professor precisa planejar uma aula atrativa e dinâmica para prender a atenção do aluno além de manter a disciplina em sala e exigir que os limites sejam obedecidos.“Independente de sermos iguais, quer esteja na escola ou em casa, precisamos de apoio, respeito e educação como garantia de qualidade de vida”, alerta a pedagoga e tutora do Portal Educação.

Normalmente, a criança TDAH apresenta uma série de dificuldades na escola e para que o professor consiga controlar a situação, é fundamental que o psicólogo ou o médico que está tratando o paciente visite a escola e converse com os professores e orientadores educacionais.

Por Redação Pantanal News/Portal Educação

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá, adorei esse espaço dedicado somente aos hiperativos. Sou mãe de um menino de quase 4 anos com tdah.
Conheci uma outra criança que recebe auxilio doença por ser tdah,então eu queria saber se isso é verdade?
Alguém pode me auxiliar?
Meu email é giseleodf@yahoo.com.br
Muito obrigada!!!
Aguardo respostas!

betobrito2011 disse...

MEU FILHO TAMB~EM ~E UM TDAH. ME CHAMO FLAVIA E MEU ORKUT ~E FLAVI1908@GMAIL.COM

telma bannys disse...

Olá Alexandre tbm compartilho de sua experiência tenho um filho com tdah,e sei a dificuldade que é em relação a escola sobre esse assunto,achei muito bom seu blog.Obrigado Telma