terça-feira, 8 de setembro de 2009

Caramba, eu não consigo acompanhar a classe!

E ai. Tudo bem?



Comigo não. Eu vou escrever para vocês de vez em quando, mas desculpe os erros. Mas este é o meu diário. Eu queria falar com vocês que eu não consigo acompanhar a minha classe.


Eu não consigo


É difícil, mas eu bem que tento... o pessoal acha que eu não presto atenção na explicação do professor, mas é só um lápis cair no chão que eu me distraio. Pronto, a explicação foi pro brejo. Ainda mais se for de matemática!

Outro problema é pedir para o professor explicar de novo, o pessoal da classe quer me matar e ai começa a me chamar de burro, Zé orelha, o cara que fica sempre de recuperação.

Eles já entenderam, mas eu não! Então fico quieto e faço de conta que entendi. Eu não faço o exercício porque não consigo, eu enrolo até o professor passar a correção na lousa. Pelo menos eu não pago mico.

O mais difícil é na hora da prova – Eu recebo aquela prova de 3 páginas, mas só tenho 1 hora para fazer!

E os enunciados! Loucura, loucura, loucura.

Eles têm 4 linhas, quando eu estou quase no final, eu já esqueci o que eu li no inicio... E ai, eu escolho o que vou fazer sem ao menos saber o que fazer. Alguns eu consigo fazer com muito custo, mas não é suficiente para tirar uma nota boa.

Depois, quando o professor corrigiu as provas e entrega as notas e ele fala que alguns foram mal na prova; eu já abaixo a cabeça porque eu já sei que entre estes “alguns”, eu estou no meio.
E lá em casa!

A minha mãe pensa que eu é que sou vagabundo e não estudo.... da para alguém contar para ela que eu não consigo aprender como os outros !
Ela não quer entender que eu não consigo acompanhar a classe!

Um comentário:

Júnia L. disse...

Querida "Criança",
Eu também era assim, não fique triste...
Até hoje escrevo errado ( e olha que sou professora de história) e não consigo fazer nada relacionado a matemática até hoje.
Minha mãe me ensinava tabuada (continha de vezes) com chinelo do lado, ela achava que eu não prestava atenção por querer.
Minha professora rasgou meu dever várias vezes dizendo que minha letra era muito feia e que eu escrevia errado.
Não fique triste, isso vai passar eu sei disso porque dou TDAH e entendo muito bem isso
bjao

Obs: querida “Criança” você precisa de um nome, peça seu papai ou mamãe para deixar seu nominho ai, fica mais fácil para conversarmos